++ Piadas de Advogado (As + pediadas)

Filha de Advogado:charge_juizes
    A filha de um advogado aparece em casa após anos sem dar sequer um
telefonema, seu pai vai ao encontro dela e pergunta:
    - Como que só agora você aparece sua biscate? Por onde você andava
sua vagabunda? Sabe que sua mãe chegou até ficar doente de saudades de
você? O que você andava fazendo esse tempo todo sua galinha?
    Ela responde:
    - Virei PROSTITUTA!
    - O que? Suma daqui sem vergonha, e nunca mais apareça novamente!
    - Mas pai! Eu só vim deixar este casaco de peles para minha mãe, uma
caderneta de poupança no valor de R$500.000,00 para meu irmãozinho e um
rolex de ouro e uma BMW 0km pra você papai, e convidá-los para passar o
Reveillon comigo em meu iate em Búzios.
    - De que mesmo você falou que estava trabalhando?
    - PROSTITUTA papai.
    - Eu tinha entendido PROFESSORA SUBSTITUTA, venha aqui, dê um abraço
em seu pai que já chamo sua mãe!
   

O Advogado Gentil:
    Certa tarde, um bem sucedido advogado estava sendo conduzido em sua
limusine para seu sítio, quando observou dois homens maltrapilhos
comendo grama ao lado da estrada. Ele ordenou imediatamente ao motorista
que parasse, saiu do veículo e perguntou:
    - Por que vocês estão comendo grama?
    - Porque nós não temos dinheiro para comprar comida. Respondeu um
dos homens.
    - Bem, você pode vir comigo para o sítio disse o advogado.
    - Senhor, eu tenho uma esposa e três filhos aqui.
    - Traga-os também replicou o advogado.
    - E quanto ao meu amigo?! O advogado virou-se para o outro homem e
disse:
    - Você pode vir conosco também.
    - Mas, senhor eu também tenho esposa e seis filhos, disse o segundo
homem.
    - Eles podem nos acompanhar também, disse o advogado enquanto se
dirigia de volta à limusine. Todos se acomodaram como puderam na
limusine, e quando já estavam a caminho, um dos acompanhantes disse: ? O
senhor é muito gentil. Obrigado por levar-nos a todos com o senhor. O
advogado respondeu:
    - De nada! Vocês irão adorar meu sitio. A grama esta com quase um
palmo de altura!
   

A advogada e o surdo-mudo:
    Um chefão da Máfia descobriu que seu contador havia desviado dez
milhões de dólares do caixa. O contador era surdo-mudo. Por isto fora
admitido, pois nada poderia ouvir e, em caso de um eventual processo,
não poderia depor como testemunha.
    Quando o chefão foi dar um arrocho nele sobre os US$10.000.000, e
levou junto sua advogada, que sabia a linguagem de sinais dos
surdos-mudos.
    O chefão perguntou ao contador:
    - Onde estão os U$10 milhões que você levou?
    A advogada, usando a linguagem dos sinais, transmitiu a pergunta ao
    contador, que logo respondeu (em sinais):
    - Eu não sei do que vocês estão falando.
    A advogada traduziu para o chefão:
    - Ele disse não saber do que se trata.
    O mafioso sacou uma pistola 45 e encostou-a na testa do contador,
gritando:
    - Pergunte a ele de novo.
    A advogada, sinalizando, disse ao infeliz:
    - Ele vai te matar se você não contar onde está o dinheiro.
    O contador sinalizou em resposta:
    - O.K., vocês venceram, o dinheiro está numa valise  marrom de
couro, que está enterrada no quintal da casa de meu primo Enzo, no
nº400, da Rua 26, quadra 8, no bairro Queens!
    O mafioso perguntou para advogada:
    - O que ele disse?
    A advogada respondeu:
    - Ele disse que não tem medo de veado e que você não é macho o
bastante para puxar o gatilho?

5 comentários:

Patrícia Tomaz, Monitora do 1º C 12 de agosto de 2009 15:22  

Rafa, você faz parte de alguma ORGANIZAÇÃO(CRIMINOSA) de piadas? Nossa!!! Essas estão terríveis...rsrsrs....Beijão.

Anônimo 23 de agosto de 2010 14:30  

odieeeeeeeeeeeeeei esse blog

Anônimo 23 de agosto de 2010 14:34  

estava procurando uma piada para um trabalho de escola e achei isso .creeeeedo!piadas muio imorais

Anônimo 23 de agosto de 2010 14:36  

como vcs fazem um, blog desses?nao gostei

Anônimo 14 de setembro de 2010 04:46  

uhuahuauhauha mto engraçadas

Postar um comentário

Enlinhando comentários

Apresentacão

Este blog foi criado para dar vazão a nossa arte de criar argumentos sócio-jurídicos. Queremos celebrar a voz humana. Libertá-la de quaisquer amarras. Por isso, não tenha medo, neste espaço, de dizer o que sente, o que pensa e o que faz! Nossas aulas serão ainda mais valiosas se você partilhar conosco suas idéias, conceitos e jeitos de ser e viver. Por isso não se faça de rogado(a), tire as sandálias, se assente e ocupe um lugar entre nós. Porque a celebração da voz humana quando “[...] é verdadeira, quando nasce da necessidade de dizer [...] não encontra quem a detenha. Se lhe negam a boca, ela fala pelas mãos, ou pelos olhos, ou pelos poros, ou por onde for. Porque todos, todos, temos algo a dizer aos outros, alguma coisa, alguma palavra que merece ser celebrada ou perdoada.” (Eduardo Galeano).